tadarank afiliados

13 novembro, 2006

A polêmica da validação

Olha eu dinovo (sim, "dInovo" mermo).

Agora vou falar sobre uma polêmica que assola o mundo dos nerds WebStandards brasileiros:

"A morte do foguinho?" - nãaao, "A chegada do Windows vista?" - nãaao, "A chegada do IE 7?" - ée.. bem, ainda não hehe.

Vou falar sobre a "Grande Polêmica sobre Validar ou Não Validar" - tchananananannnn (tambores ao fundo)
("seu mico burro, estava no seu título, pra quê esse suspense idiota?" - vocês perguntam)

Não vou postar links de outros blogs sobre o assunto não, pois isso já tá até parecendo vírus na rede. Usem esta busca no google.
Mesmo já tendo muitos posts sobre isto, eu tinha que falar pois discordo dos anti-validação.

É claro que todo ser vivente sabe que semântica é mais importante que validar no desenvolvimento tableless, mas isto não tira nem em um milímetro a importância da validação.

Fazendo analogias:

  • Validar significa que "ocê sabi iscrevê direitu oras. agente precisamos de umas ferramenta que óia nossa sintaquissi. Num é pusque eu sei fazê uma redassaum bunita e com istória boa que quer diser qui minha redassaum vai tirá déiz na Fuvesti. A tar da sintáquissi tambeim é óiada."
  • Validar indica que na hora de compilar seu programa, o compilador não encontrou nenhum erro de sintaxe. Mas isso não quer dizer que não existam erros de lógica (analogia aos programadores - erros de sintaxe seriam os de validação, e erros de lógica seriam os de semântica).

Validar irá facilitar o trabalho de ferramentas DOM. Eu que mexo com PHP, já passei por algumas situações onde era necessário usar a biblioteca DOM do PHP em alguns sites e não conseguia. Motivo? Erros de sintaxe na página que uma simples validação resolveria. O mesmo vale para ferramentas XML (que eu também já tentei usar sem sucesso em alguns sites).

Já quem reclama que é difícil fazer um CSS que deixe o site igual em todos os navegadores e sem utilizar hacks fora do padrão da W3C, tem que dar uma lida sobre hacks que validam e também sobre comentários condicionais.

Tem também a questão do tempo. Dizem que fazer um site validado demora mais tempo e é mais trabalhoso e talz. Ué, eu nunca tive problema com isso não. Acho que é só costume, prática e conhecimento. A velocidade de desenvolvimento é praticamente a mesma. Com o tempo você já não comete mais erros que sabe que não passarão no validador.

Mas pra fechar. A grande questão que eu não entendo mesmo é:

Por que raios estão colocando semântica e validação como inimigas??? Quem disse que se deve pesar as duas em uma balança??

Té a próxima povo (daqui a pouco. Hoje eu tô inspirado).

//PS.: Sim, meu blog não valida. Assumo que é por pura preguiça de ficar brigando com o blogger ao invés de ficar dizendo que validar não é importante. "Faça o que eu digo, não o que eu faço". :-)

Gostou da dica acima? Então clica nos botões de compartilhamento abaixo e me ajude a dica a subir no Google.

6 comentários:

  1. O chato de validar blogs é que você tem que re-escrever todos os posts antigos, pra ficar validado até debaixo das unhas...

    ResponderExcluir
  2. pois é... tb já andei lendo em vários lugares essa "briga"... e concordo contigo...

    ResponderExcluir
  3. É... tem pessoal que não gosta da tal da validação. Eu sou meio "neutro", gosto dela, mas às vezes, quando se tem prazo, não vale a pena ficar brigando com o validador que, como o Micox já disse, tem erros, e quando não vale a pena consertar um pequeno bug que demorar horas (ou dias) para resolver. Mas vale sim validar as páginas. Eu já não tenho dificuldade, não é difícil validar alguma coisa se tem estudo e um mínimo de experiência. Enfim, vai de cada um...

    ResponderExcluir
  4. Estou loka pra publicar a entrevista q eu e vc fizemos com o Maurício Maujor, a posição dele sobre isto.

    AH!! tmb concordo contigo...

    :)

    ResponderExcluir
  5. O negócio é se preocupar com ambas as partes.

    Um código sem erros é muito bom, mas a semântica é a parte mais importante, com certeza.

    Mas não podemos fazer com que as duas partes entrem em conflito, pelo contrário, uma deve auxiliar a outra, já que não faz sentido você fazer um site cheio de error e semanticamente correto, e vice-versa.

    ResponderExcluir
  6. Artur de Assis Andrade06 abril, 2007 16:50

    Obrigado pelas dicas!

    Valeu!

    www.casasbahia.org

    ResponderExcluir

Resultado! Concursos